07/08/2018

Idosos de Gafanha do Carmo invadem o Vagos Metal Fest: "achamos que existe sempre um rockeiro dentro de nós!"

Ficámos ontem a saber, via notícia da Rádio Terra Nova que seis idosos, utentes do Centro Comunitário da Gafanha do Carmo iriam participar no Vagos Metal Fest desta semana, "trajando a rigor e assumindo o modo metaleiro". 
Desde logo achámos isto fantástico e contactámos o Centro Comunitário para saber como tudo aconteceu:
Do outro lado, dois simpáticos interlocutores, Ângelo Valente e Sofia Nunes, fizeram questão de nos acalmar a curiosidade.

SFTD Radio: Como surgiu a ideia de participarem no festival?
CCGC: A ideia surgiu da notícia acerca de dois residentes num lar de idosos na Alemanha que fugiram para irem ao festival de metal Wacken Open Air. (ndr: publicada em vários jornais generalistas)
Partilhámos a notícia na nossa página de Facebook e foram várias as pessoas que nos encorajaram a ir ao melhor festival de metal que conhecemos, o Vagos Metal Fest. Falámos sobre a ideia às pessoas que vivem na nossa casa e algumas delas mostraram-se, de imediato, prontas a ir, principalmente porque estão sempre entusiasmadas para viverem novas experiências. 

SFTD Radio: Já tinham conhecimento anterior do festival, ou já alguns idosos do centro lá foram e gostaram? 

CCGC: O Vagos Metal Fest é um festival conhecido, principalmente, pelo dinamismo que traz à região. No Centro ainda ninguém teve oportunidade de ir a este festival mas quando foi proposto e explicado, alguns utentes mostraram-se imediatamente entusiasmados e alguns até já adiaram saídas programadas só para poderem vivenciar um pouco deste festival. 
Os que preferem ficar em casa estão também entusiasmados pelos colegas e a curiosidade é geral. 

SFTD Radio: Como as gentes da zona sentem este festival, que de alguma forma levou o nome da vila a todos os cantos do pais e até ao estrangeiro? 

CCGC: Este festival é dos eventos mais acarinhados pela região não só para os apreciadores da música das bandas convidadas mas também pelo dinamismo e pelo ambiente de companheirismo que se vive, não só no festival, mas também na região. 

SFTD Radio:  Há rockeiros no centro? Como encaram eles esta possibilidade de virem ao festival?

CCGC: A música está sempre presente no Centro Comunitário da Gafanha do Carmo e neste campo somos bastante eclécticos. Música electrónica, clássica, Pop, Rock’n’Roll, na verdade é o estado de espírito do dia que define o repertório e achamos que existe sempre um rockeiro dentro de nós. 
Esta oportunidade de conhecermos o Vagos Metal Fest tem entusiasmado todos na nossa casa principalmente porque todos consideram que a música, independentemente do estilo, é para todas as idades. 
Poder vivenciar esta experiência nova e ainda conhecer participantes que já entraram em contacto e que fazem questão de os acompanhar é mesmo aquilo que mais os entusiasma

Da nossa parte queremos agradecer a gentileza e atenção do pessoal do Centro Comunitário da Gafanha do Carmo, e contamos ver a Dª Helena (acima na foto cedida pelo CCGC) e os seus amigos durante o próximo fim de semana!

Veja também: