20/06/2016

[Report] Fokker + Darkwaters + Ignite The Black Sun @ RCA Club

Noite de novidades no RCA Club no passado dia 3 de Junho, promovida pela editora Premiere Music, que consistiu na apresentação do álbum de estreia homónimo por parte dos Fokker, a promoção pela primeira vez em Lisboa do segundo álbum "Odds And Lies" dos Darkwaters e a apresentação do disco de estreia "The Monster Rear Its Head" dos Ignite the Black Sun.
Demos as boas-vindas aos Ignite the Black Sun que se estreavam nas suas aparições em palco, já para não falar no seu primeiro álbum, e mais recentemente no seu novo EP "Vermin". Além disso, contam com um novo vocalista, nomeadamente, Paulo Gonçalves.
A banda aproveitou esta sua primeira actuação para tocar/mostrar a maior parte do "The Monster Rear Its Head", à excepção dos temas "Angels", versão de Lene Lovich, e "Vermin", ambos do novo EP.
Quanto ao seu disco de estreia, destacaram-se do mesmo registos como "Here We Go Again" ou "Self Pity Is A Strenuous Effort", gravado e cantado ao vivo por Ana Carvalho, numa poderosa colaboração.
Com músicos provenientes de outros projectos bem conhecidos, foi notória a experiência em palco e, por conseguinte, a coesão que a banda revelou durante um bom concerto. 
Ficamos com certeza à espera de mais, agora que o negro sol ignificou a sua combustão!



De passagem por Lisboa, tínhamos os Darkwaters de São Pedro do Sul, que nos deram a conhecer o seu fresco repertório traduzido em "Golden Age Of Decadence", registo de 2013, e "Odds And Lies" registo de 2015, de onde respectivamente se destacam temas como "Osiris" ou a potente "Pure Hate", e "Strongest Of Them All" ou o single "Confession".
Embora com alguns percalços técnicos iniciais, o quinteto liderado pelo vívido Sérgio Lucas levou o seu barco a bom porto e despediu-se com "Scars", música que poderá fazer parte do próximo trabalho dos  Darkwaters, e que perfez uma distinta actuação.


O último concerto da noite ficou a cargo dos Fokker, banda de hard rock que apresentou o seu primeiro trabalho homónimo. 
Sempre com bastante power, estes rockers desdobraram-se entre o céu e o inferno, ou entre melodias suaves e batidas pesadas, ao som de "Angels & Sinners", "Judgment Day" ou "Straight To The Sun", entre outras músicas. Além disso, disponibilizaram a versão "Get The Fuck Out" dos Skid Row, tema que proporcionou uma excelente e virtuosa batalha de solos de guitarra entre o convidado Ricardo Falcão, membro dos Forgotten Suns, e DVoid.
A todo o gás até final, talvez por isso a banda se tenha despedido com a malha "90 RPM", deixando boas indicações em relação ao seu desempenho no RCA, no que diz respeito à sua digressão que teve início nessa noite e, esperançosamente, quanto ao seu percurso musical.


Texto: Bruno Porta Nova
Fotos/Videos: Nuno Santos (todas as fotos dessa noite aqui)


Veja também: