03/07/2015

My Enchantment apresentam novo EP em Almada (com entrevista)

A banda do Barreiro que encanta desde 1999 com o seu metal sinfónico melódico abraça de momento o seu novo EP "The Death of Silence". Álbum que teve uma primeira edição pela própria banda foi agora reeditado pela “Music in My Soul”.
Os My Enchantment que se formaram inicialmente como "Near Death Experience" tiveram algumas alterações quanto à formação. Actualmente dão-nos música Alex Zander (vocalista), Ricardo Oliveira (bateria), João "Grande" (guitarra), Fernando Barroso (baixo), Pedro Alves (guitarra) e Rui Gonçalves ( teclas ).
Às portas do lançamento oficial do novo trabalho, que decorrerá no dia 4 de Julho no Covil Bar Urban Club, em Almada, estivemos à conversa com Ricardo Oliveira.
Entrevista:
Songs for the Deaf Radio - Com quase 16 anos como descrevem o vosso percurso?
Ricardo Oliveira - Com alguns altos e baixos, momentos bons e maus. Enfim, o típico lugar comum de todas as bandas julgo eu. Em termos musicais, creio que a cada ano que passa a banda tem atingindo novos patamares de maturidade/qualidade.

SFTD- Nove anos separaram este novo EP do anterior ( “Sinphonic” em 2005). Porquê um interregno tão longo?
R.O. - Não foi de todo o que planeamos. infelizmente quando em 2008/2009 nos encontrávamos a gravar o que seria o segundo álbum "Nightmare" , o vocalista decidiu abandonar o barco a meio das gravações. Como é costume, as vozes são a ultima coisa a ser gravada. Dá para ter uma noção de como foi um "soco no estômago"" ele ter saído quando já ia a meio das musicas nao dá? De seguida foi como um desmoronar de um baralho de cartas, com varias saídas e mudanças de membros. Não é por acaso que o nosso EP se chama "The death of Silence". É uma afirmação, não quisemos esperar mais por um álbum, quisemos afirmar o quanto antes que estamos vivos e bem de saúde.

SFTD- Que diferenças notam no panorama musical desde o embrião da banda até aos dias de hoje? E nos fãs?
R.O. - Noto algumas diferenças e nem todas muito positivas . De facto existem mais eventos/festivais/concertos do que antes. Também existem muito mais bandas do que antes. Mas isso não se traduz em mais público. A economia também pode ter aí uma palavra a dizer mas não acho que justifique tudo. Acho que de uma forma geral, quando há muita oferta , há menos procura. E infelizmente, acho que há menos metaleiros e festivaleiros do que gostaríamos de admitir. Agora em termos de qualidade das bandas em geral acho que a fasquia subiu imenso!

SFTD- Satisfaçam lá a curiosidade dos vossos seguidores e contem os próximos planos dos My Enchantment.
R.O. - Estamos para já focados em promover o EP e vamos dar alguns concertos (a anunciar! ) pelo país fora. Estamos também já em fase de pré - produção do novo álbum. Para já ainda sem data prevista de lançamento.


Relembramos que poderás ver já este sábado os My Enchantment em Almada, acompanhados pelos Earth Drive. Fica aqui o cartaz e o link para o evento no Facebook:
Inês Matos

Veja também: